Com o passar dos anos e o excesso de exposição aos raios solares, a pele pode sofrer com o aparecimento de melanomas e também com a alteração das lesões já existentes. Feito em casa, o autoexame da cútis previne o aparecimento desse tipo de câncer que se desenvolve nas células responsáveis pela pigmentação do tecido cutâneo.
Recomendado principalmente para quem tem a pele mais clarinha, o método caseiro pode ser feito uma vez a cada dois meses, com auxílio de um espelho e da luz natural para ajudar a identificar as manchas. Além disso, pessoas com casos de câncer cutâneo na família, com mais de 50 pintinhas espalhadas pelo corpo ou que tomaram muito sol antes dos 30 anos também devem recorrer ao teste.
Para fazer o autoexame, basta ficar de frente para o espelho e começar olhando as plantas dos pés e depois os dedos. Em seguida, deve-se tocar as pernas, coxas, abdômen, tórax, braços e as palmas das mãos, notando sempre se houve o escurecimento de alguma área. “Outra dica é observar o couro cabeludo separando os fios com um pente e perceber se há alguma ferida que não cicatriza”, afirma Claudia Marçal, dermatologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).
Após essa ação, é preciso levantar os braços para olhar axilas e cotovelos, virando para o lado direito e para o esquerdo, olhando atentamente essas regiões. Ao virar de costas, observe novamente pernas, região posterior das coxas, costas, nuca e atrás das orelhas com a ajuda de um espelho de aumento auxiliar.
Fique atento à área, borda, cor e diâmetro de possíveis pintas. "Qualquer lesão que coce, doa, sangre, aumente de tamanho com rapidez ou apresente sensibilidade precisa ser examinada por um dermatologista para que seja feita uma dermatoscopia para avaliar a necessidade da retirada cirúrgica”, explica a especialista.
Proteção 
Muitas manchas são provocadas por fatores externos como excesso de exposição solar sem uso do protetor adequado, alteração na produção de melanina e distúrbios hormonais. Para obter um bom resultado contra elas, o ideal é aplicar filtro solar diariamente, até mesmo quando está frio ou nublado, três vezes ao dia.
Agência Hélice
Terra