Independentemente do tipo de pele, a limpeza facial completa exige três etapas diferentes, que precisam ser feitas diariamente: demaquilar, lavar e tonificar. Essa ordem deve ser seguida à risca para que o rosto fique livre dos resquícios dos cosméticos, das impurezas ambientais e ainda mantenha-se nutrido.
Ao demaquilar a face, a mulher remove toda a maquiagem usada durante o dia, o que prevenirá irritações e alergias. Já quando começa a lavar o rosto com água e sabonete específico, retira as impurezas que restaram na ação anterior. “Limpar bem o rosto é muito importante, ainda mais para quem tem pele muito oleosa ou sofre com acne”, afirma Ana Maria Costa Pinheiro, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).


Na fase da tonificação, é o momento de dar fim aos resíduos dos produtos usados anteriormente, que ficaram acumulados nos poros, além das células mortas e da oleosidade na região. “A limpeza deve ser feita com produtos adequados ao tipo de pele de cada pessoa, duas vezes ao dia”, indica Carolina Marçon, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). 
Demaquilante: potente até mesmo para retirar filtro solar e cremes multifuncionais como o BB cream, o cosmético é encontrado nas versões oleoso, aquoso e líquido. Para remoção da make na sensível região dos olhos, é aconselhável o uso de um demaquilante especial.
Óleo de limpeza: mais eficientes que os demaquilantes, os óleos de limpeza fazem uma “faxina” profunda e ainda dão um toque macio à pele. Contudo, é necessário moderação em seu uso, principalmente por quem tem a pele oleosa, uma vez que, se aplicado todos os dias, ele pode aumentar a oleosidade e ocasionar acne.
Sabonete facial: encontrado em barra e líquido, ele serve para eliminar resíduos superficiais. Algumas fórmulas especiais, disponíveis no mercado, contêm substâncias para controle da oleosidade, que retraem os poros.
Esfoliante: esse creme abrasivo remove a camada de células mortas da superfície da pele, deixando-a mais fina, macia e sedosa. Esse processo, que estimula a circulação sanguínea e ajuda a clarear manchas, não deve ser feito em excesso, pois pode causar o efeito rebote, provocando o ressecamento do tecido cutâneo. 
Tônico: complementando a limpeza, o tônico facial remove todos os resquícios que permanecem na pele após os processos anteriores. Já que alguns produtos apresentam álcool em sua composição, é preciso tomar cuidado para não aplicá-lo em excesso e acabar agredindo a saúde da cútis.