Até mesmo os pés exigem cuidados especiais no outono, devido à combinação de tempo frio e seco com o uso constante de sapatos fechados. Para evitar ressecamento, rachaduras e manchas o ideal é que, pelo menos uma vez na semana, alguns minutos sejam dedicados ao tratamento dos membros inferiores. 
“A atenção deve ser intensificada nessa época, pois com as temperaturas mais baixas e pouca umidade, o risco de contaminação por fungos aumenta”, explica Maria Paula Del Nero, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Como consequência, há a tendência a problemas como micose e calosidades.
“Quem não toma os devidos cuidados com a pele dos pés pode sofrer também com unhas encravadas, manchas esbranquiçadas e rachaduras nas plantas, que, muitas vezes, são bastante dolorosas”, alerta Elvira Cancio Assumpção, dermatologista da Clínica Vivid, em São Paulo. Confira, a seguir, cinco dicas que devem ser incorporadas ao dia a dia para fugir desses problemas.  
Hidratação à base de ureia
O mais necessário e eficiente cuidado para se ter com os pés é a hidratação. Assim, o recomendável é aplicar um hidratante na região após o banho e, em seguida, colocar uma meia para intensificar a ação do produto na derme. Para evitar o ressecamento, recomenda-se que soluções à base de ureia sejam utilizadas duas vezes ao dia. 
Esfoliação com mel e açúcar
Remover as células mortas e as bactérias do tecido cutâneo também é muito importante. Uma rápida mistura caseira de açúcar e mel pode dar conta do recado quanto aplicada na área semanalmente.
Óleo de amêndoas
Aplicar óleo de amêndoas nos pés todas as noites, com movimentos de massagem, ajuda a revitalizar a pele da região. Além disso, algumas dessas fórmulas são indicadas para serem utilizadas em conjunto nos membros superiores. 
Secar bem sempre
Pode parecer bobagem, mas, na verdade, secar os pés com cuidado também é um truque para combater as indesejadas micoses. Passar a toalha na parte de cima, na sola e também no meio dos dedos do pé evita a umidade e, consequentemente, a presença dos fungos.
Uso dos calçados
Outro item importante para garantir pés saudáveis é não usar o mesmo sapato com frequência, variando entre os modelos encontrados no armário. Isso porque os tipos abertos tendem a ressecar muito os pés, enquanto os fechados facilitam a vida de fungos.
Agência Hélice
Terra