quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Cinco dicas deixam a pele oleosa longe do brilho excessivo



Comprometida pela produção excessiva das glândulas sebáceas, a pele oleosa tira a tranquilidade de toda mulher vaidosa, especialmente nos dias mais quentes, quando o de sol contribui para a piora do aspecto engordurado. Mas não é preciso se desesperar, pois cinco cuidados infalíveis salvam esse tipo de pele e a deixa bonita e saudável.

Engana-se quem acredita que a pele oleosa é naturalmente hidratada e o uso de cremes a deixa ainda mais brilhante. Importante para não sofrer com o ressecamento cutâneo, a hidratação precisa ser realizada com regularidade e com produtos não oleosos. “Eles devem ser leves e possuir ativos que não fechem os poros ou provoquem comedões”, explica Carla Albuquerque, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).


Evite maquiagem
Opte por andar com o rosto livre das camadas de maquiagem, mas se ela for inevitável, prefira produtos com texturas leves, de linhas oil free. Isso porque pós-compactos e bases, normalmente, obstruem os poros, aumentando a oleosidade. O cuidado se estende também à remoção, que precisa ser feita de forma adequada com um bom demaquilante.

Não use produtos oleosos
Para evitar um rosto com aparência suja, passe longe de cosméticos que contenham óleo na formulação. Fique de olho no rótulo desses produtos, pois eles podem causar obstrução dos poros e provocar cravos e espinhas. Por isso, aposte em gel, fluido, loção ou sérum.

Invista na limpeza de pele
“Realize uma limpeza de pele uma vez por mês com profissional habilitado para que sejam removidas as células mortas, maquiagem, secreções sebáceas e impurezas”, recomenda a dermatologista.

Esfolie com cautela
Deixe a mania de esfoliar a pele todos os dias, antes do banho, de lado para que ela não sofra com o efeito rebote e produza ainda mais sebo. “Faça o procedimento duas vezes por semana para que sejam removidas as células mortas da superfície cutânea”, aconselha Carla. A esfoliação, além de melhorar a textura, também proporciona uma luminosidade natural à face.

Lave pouco o rosto
A higienização do rosto com água e sabonete não deve ser feita mais do que três vezes ao dia, pois ao ser lavada muitas vezes a pele oleosa entende que está seca e, por isso, produz mais sebo, ficando ainda mais oleosa. Nessa hora, dê preferência aos sabonetes líquidos ou em espuma e com ativos como o ácido salicílico e o asebiol, que ajudam no controle da oleosidade e na renovação celular.



Nenhum comentário:

Postar um comentário