Aparência firme e lisinha são características estéticas da pele na faixa dos 20 anos, que para serem mantidas depois da fase de transição da adolescência para a idade adulta precisam de cuidados especiais a partir de agora. Além de preservar o frescor, adotar uma rotina básica com uso de hidratante, protetor solar e higienização completa ajuda a driblar a tendência à oleosidade cutânea e ainda evita manchas no futuro.
Nos primeiros cinco anos na casa dos 20 não é hora de comprar produtos anti-idade. “É uma pele que não sofre com a perda de colágeno e tem uma boa sustentação”, analisa Jardis Volpe, especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). O melhor a se fazer é apostar para valer em soluções preventivas, já que a queda na produção da proteína da beleza só começa após os 25.
Por isso, antes que a renovação e a textura da pele apresentem piora, separe alguns minutinhos da manhã para aplicar protetor solar. O cosmético evita a perda do viço natural, impede a formação de manchas escuras e, em longo prazo, minimiza o desenvolvimento de vincos faciais. “O envelhecimento causado pelo sol demora a aparecer, chega depois dos 40 anos. Para preservar a pele, o uso do protetor deve começar cedo”, afirma.
Para complementar o ritual, tenha em mãos um bom creme hidratante com vitamina C na fórmula, que confere um toque sedoso, clareia e ainda evita o ataque dos radicais livres que causam o envelhecimento precoce. Ele pode ser usado à noite, logo depois do banho, quando a pele absorve mais facilmente os ativos emolientes.
Ao escolher o produto para hidratação, prefira as versões mais leves - oil free ou com efeito matte - para não provocar a oleosidade e, consequentemente, o aparecimento de espinhas e cravos. Outra maneira de fugir da acne é lavar o rosto apenas duas vezes por dia, pois mais do que isso será ativada a produção excessiva das glândulas sebáceas. “A acne também pode ser causada por outros fatores, como desequilíbrio hormonal. Neste caso é preciso tratar a causa do problema”, diz.
Cuidado com a maquiagem
Inspiradas pelos ídolos, as jovens buscam experimentar novas produções de make a todo o momento e chegam a esconder espinhas com base e pó, o que não faz muito bem para a pele devido à obstrução dos poros. “Antes de dormir, use demaquilante para retirar a maquiagem e depois lave a face com sabonete específico para o seu tipo de pele”, recomenda o especialista. Por último, aplique um tônico para remover qualquer sujeira escondida nos poros dilatados, herança da adolescência. Sempre que puder, fique sem a pintura para que a pele respire com tranquilidade.
Agência Hélice
Terra