sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Dicas facilitam a depilação e deixam a perna perfeita; saiba




Constantemente à mostra na temporada de calor, as pernas também merecem receber cuidados especiais no momento da depilação. Isso porque, apesar de não ter uma pele muito sensível, a região precisa ser preparada antes e depois da retirada dos pelos para ficar macia e hidratada. Por isso, confira, abaixo, como escolher o método ideal, além de dicas para garantir pernas lisinhas, dignas da primavera.

Adote a técnica ideal para você
Bastante utilizada para a remoção dos fios, a lâmina não provoca dor, além de ser prática, rápida e acessível a todos os bolsos. Porém, pode não ser tão eficaz quanto se espera, uma vez que os pelos não são arrancados pela raiz e voltam a crescer três dias depois. Apesar disso, a dica para quem opta por ela é não passar sabonete na região antes do procedimento, pois ele pode ressecar a pele, e sempre deslizar o aparelho no sentido do crescimento dos fios.


Boa opção para quem tem a pele mais sensível, o creme depilatório também é bastante requisitado por não causar dor. No entanto, como apenas corrói a base do fio, sua remoção é tão superficial quanto a promovida pela lâmina. Além disso, o cosmético pode provocar alergias.

Entre as opções de cera, a fria não é a mais indicada por causar dor e ser agressiva. Já a quente, pode ser associada a outros ativos que reduzem a agressão à pele, como mel ou algas. “Ela também oferece resultados mais duradouros, o que permite a realização de outro procedimento somente 20 dias depois”, explica Natália Castro, depiladora da Millanea Instituto de Depilação, de São Paulo.

Um pouco menos comum que os demais procedimentos devido ao custo, o depilador elétrico é eficaz na depilação, pois arranca o fio pela raiz. O processo, no entanto, tende a ser mais doloroso.

Esfolie
Independentemente do método escolhido, a esfoliação é essencial para deixar a pele lisinha. Por isso, deve ser feita até um dia antes da depilação, pois promove a remoção das células mortas e a abertura dos poros, facilitando a retirada dos fios. “Os cremes com ação mais leve e grânulos finos ou médios são os mais indicados, pois não agridem tanto. Apesar disso, a esponja vegetal também pode ser utilizada sem medo”, recomenda a especialista.

Mantenha a pele sempre hidratada
Especialmente após a depilação, vale a pena dar preferência a cremes que não contenham álcool ou ureia em sua formulação, pois essas substâncias podem irritar a pele que já está sensibilizada.

Acalme a pele
Além da hidratação, que deve ser feita regularmente e intensificada após a remoção dos pelos, é importante investir na aplicação de géis pós-depilatórios com efeito calmante. “Cosméticos à base de aloe vera, chá verde, lavanda ou camomila ajudam a reduzir o processo inflamatório”, informa Natália.

Evite bronzeamento artificial 
Repleto de restrições, o bronzeamento artificial não deve ser feito num período próximo à depilação. Isso porque, quando realizada antes da remoção dos fios, a técnica pode ter seus resultados comprometidos, uma vez que a cera tende a retirar o pigmento aplicado. Já com a pele recém-depilada, o cosmético utilizado para conferir o tom dourado pode causar alergias ou irritação, devido à sensibilidade da área.

Agência Hélice
Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário