terça-feira, 15 de abril de 2014

Esfoliação deve ser feita a cada 15 dias e não diariamente

artigo  terra.com.br
Esfoliação costuma despertar muitas dúvidas no público feminino, que fica sem saber ao certo em quais situações evitá-la ou aderi-la Foto: Shutterstock

Esfoliação costuma despertar muitas dúvidas no público feminino, que fica sem saber ao certo em quais situações evitá-la ou aderi-la (Foto: Shutterstock)











cuidado básico para manter a pele bonita e viçosa, a esfoliação ajuda a remover as células mortas e renovar rapidamente a área tratada, controlar a oleosidade e ainda potencializar a penetração dos cremes utilizados. Apesar de todos esses benefícios, também pode causar danos se for realizada em excesso e de forma inadequada. Indicado a cada 15 dias, o tratamento costuma despertar muitas dúvidas no público feminino, que fica sem saber ao certo em quais situações evitá-lo ou aderi-lo. Por isso, confira, a seguir, o que é lenda e o que deve ser realmente levado a sério quando o assunto é a esfoliação.A esfoliação não pode ser feita todos os dias.
Verdade. Segundo os especialistas, a pele deve ser esfoliada uma vez a cada 15 dias para que o procedimento remova as células mortas da cútis sem afinar demais a superfície cutânea, agredi-la e causar danos. Nem todo tipo de pele pode ser esfoliada. Mito. Ao contrário do que muita gente imagina, todo tipo de pele pode ser esfoliado. Porém, é preciso tomar alguns cuidados especiais. “Antes de optar pela esfoliação, as pessoas devem procurar um dermatologista para saber ao certo qual esfoliante é adequado para seu tipo de pele. No caso de quem tem muita espinha no rosto, por exemplo, a recomendação é pelo uso de itens que não contenham ácidos na composição para que não haja mais erupção de acne”, explica Renata Marques, dermatologista da clínica Dicorp, do Rio de Janeiro. Esfoliantes mancham a pele. Verdade. Alguns esfoliantes, principalmente os caseiros, podem, sim, causar manchas na pele. “É comum as pessoas usarem o limão em receitas caseiras que podem provocar esse tipo de efeito, dependendo do aspecto da pele. Por isso, é sempre bom procurar um profissional, que indicará os produtos adequados e também receitas caseiras fáceis de fazer e aplicar sem riscos”, alerta a especialista. O esfoliante de corpo pode ser aplicado no rosto. Mito. Os produtos destinados para o corpo contam com grânulos mais grossos do que os formulados especialmente para o rosto, que são mais delicados para não agredirem a pele sensível da região. Por isso, não devem ser aplicados na face, pois podem causar problemas graves, como inflamações. A esfoliação deve ser feita após o banho. Verdade. Apesar de não haver uma regra em relação ao momento ideal para esfoliar a pele, a recomendação geral dos especialistas é que o processo seja realizado quando a pele estiver limpa para que haja, assim, um resultado 100% satisfatório. No corpo, a esfoliação pode ser feita com bucha vegetal. Verdade. Quem preferir evitar o uso de esfoliantes e receitas caseiras pode contar com a ajuda da bucha vegetal, que ajuda a ativar a circulação, retirar impurezas e células mortas da pele, auxiliar na remoção de pelos encravados - principalmente na região da virilha -, além de abrir os poros.

  PURA VERDADE
Apesar de remover as impurezas e células mortas da pele, a esfoliação não deve ser realizada todos os dias, pois pode afinar demais a superfície cutânea, abrindo espaço para lesões. No entanto, é bem-vinda em todos os tipos de pele, desde que seja feita com esfoliantes específicos para cada necessidade. O ritual também deve ser efetuado, preferencialmente, após o banho e somente com produtos adequados, receitas caseiras livres de ingredientes que possam causar manchas ou, até mesmo, com bucha vegetal. E você, costuma esfoliar a pele? Deixe seu depoimento nos comentários.

Segundo os especialistas, a pele deve ser esfoliada uma vez a cada 15 dias para que a superfície cutânea não afine demais e acabe sendo agredida e danificada

Nenhum comentário:

Postar um comentário