quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Qual implante de mama é o mais seguro?

Dr. Rondó

Se você está pensando em colocar implante nos seus seios eu imagino que já deva ter ouvido falar sobre o mais novo tipo, o "Gummy Bear". Neste implante o silicone fica em uma peça, não sendo sujeito a vazamentos como acontece com os outros modelos.
Porém, essa ainda não é a melhor escolha, de acordo com a doutora Kolb que diz ainda, que, virtualmente, todo implante de silicone pode vazar em algum momento.
Você tem também há opção de escolher entre o implante liso e o texturizado, sendo que o primeiro ainda é a melhor escolha. Os implantes texturizados têm sido relacionados com uma forma rara de linfoma.
Segundo a médica, existe um novo método de transferência de células de gordura, mas que ainda está em teste pelo FDA. Neste processo, a gordura é retirada das coxas ou quadris e colocada em um artifício especial e, então, é reinjetado nos seios para promover o crescimento natural.

Implante de silicone

Toda vez que você introduz um material estranho no seu corpo há um risco em potencial dos problemas aparecerem. Com os implantes de mama não é diferente. Os problemas podem ocorrer tanto no implante de silicone quanto no implante salino, onde ambos estão sujeitos à proliferação de bactérias e fungos.
Por sua vez, o implante de silicone tem um risco único, ligado à possibilidade de vazamento. E caso isso aconteça, pode gerar inflamação na axila e no nervo toráxico, além de fraqueza e adormecimento, o que é um problema neurológico.
Muitos dos químicos usados nos implantes são carcinogenicos e/ou neurotóxicos.

Implante salino

Os implantes salinos são fabricados da mesma forma que o implante de silicone, mas são preenchidos com solução salina e, portanto, são mais seguros. Em situações de rupturas provocadas por motivos como a mamografia ou acidente de carro, por exemplo, o vazamento pode gerar um crescimento bacteriano ou de levedura dentro do implante.
Essas infecções toráxicas são muito sérias, pois as leveduras produzem neurotoxinas, e muitas vezes simulam doenças como esclerose múltipla ou Lúpus.
Não que eu seja contra os implantes, mas aconselho que você procurare um cirurgião qualificado para esse tipo de procedimento. Ele certamente vai esclarecer todos esses pontos e te auxiliar sobre como proceder para evitar todo tipo de complicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário