sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Viver mais e melhor

Prepare-se para uma velhice cheia de saúde e vigor.

Dr. Rondó


As crianças que estão nascendo nesse início do terceiro milênio já chegam ao mundo com um presentão: a expectativa de vida é de 72,5 anos, para os garotos, e de 79,3 anos para as meninas. Se você pensar que no auge do império romano esperava-se viver apenas 26 anos, e que no início do século passado a média batia em míseros 49, foi um salto e tanto. É cada vez mais comum encontrarmos pessoas de idade avançada que continuam ativas. Um bom exemplo é o sr. Roberto Marinho, presidente das Organizações Globo. Mas nem sempre é assim.
Os novos tempos têm sido pródigos em prolongar a vida. Porém a medicina, de modo geral, ainda não conseguiu superar muitas das doenças que costumam chegar com a idade, como o mal de Alzheimer, que se caracteriza por falha progressiva da memória e uma grandual perda de habilidade e capacidade de se cuidar sozinho. Não basta prolongar a vida. É preciso que as pessoas vivam sentindo-se vigorosas e saudáveis.
A fonte da juventude
Envelhecer é inevitável, mas você pode cuidar de sua saúde de forma a prevenir problemas que vêm com a idade e até reverter alguns deles. É isso que a medicina ortomolecular se propõe a fazer: transformar o envelhecimento num processo de amadurecimento, não de deterioração.
Com complementação nutricional e a coragem de substituir velhos hábitos por outros, mais saudáveis, você pode manter suas células bem equipadas para funcionar bem e por mais tempo, minimizando os processos degenerativos inerentes à idade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário