segunda-feira, 6 de abril de 2015

Dores pós-treino pode ser trombose; saiba identificar

bolsademulher






Sentir dores musculares após uma visita à academia é normal. Mas, é importante prestar atenção se estes incômodos realmente são derivados de um treino intenso. O cirurgião vascular Dr. Caio Focássio alerta para o fato de que dores musculares são semelhantes aos da trombose venosa profunda, caracterizada por alterações na corrente sanguínea que podem levar a morte se entupirem as veias.

Sintomas 

Dores, inchaços, vermelhidão e endurecimento de alguma parte do corpo podem ser resultados de um dia puxado de academia. Porém, também podem indicar o início de uma trombose. De acordo com Focássio, Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular  "no caso da trombose os sinais são mais persistentes e pioram quando a região é pressionada". Portanto, é preciso buscar ajuda médica assim que a suspeita surgir, pois apenas o exame clínico não é capaz de comprovar o quadro.

O que fazer? 

É necessário descobrir de onde veio o trombo e quais foram as causas. Para investigar, o médico explica que exames de imagem são os mais indicados — como tomografia, raio X, ressonância magnética e ultrassom — e servem para que o médico possa ver o interior do corpo. Se a suspeita for comprovada, o tratamento será feito com medicamentos anticoagulantes para que o coágulo seja absorvido pelo organismo, podendo durar meses até que o problema esteja totalmente controlado e fora de risco. As causas da trombose, no entanto, não são fáceis de comprovar e requer acompanhamento médico. No caso das mulheres, muito se relaciona o problema com a mudança para um anticoncepcional que contém maiores níveis de estrogênio, ou então com viagens de longa duração.
A negligência, no entanto, pode ocasionar um perigo maior, caso o coágulo se desprenda dos membros inferiores e atinja o pulmão. Quando isso acontece, causa a embolia pulmonar, que pode levar a morte, alerta o especialista. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário