segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Por que beijar é tão bom? A ciência explica

Uma verdadeira química acontece durante o beijo


(Noticias ao Minuto)

Que beijar é ótimo, todo mundo sabe. Mas agora os cientistas conseguiram explicar por quê. Pesquisadores holandeses revelam que nós compartilhamos cerca de 80 milhões de bactérias durante um beijo de apenas 10 segundos. Apesar disso, é mais provável que peguemos gripe ou resfriados através de um aperto de mãos do que através do beijo. A explicação por trás disso tudo é a de que, apesar da troca de germes, são inúmeros os benefícios decorrentes do beijo.

Segundo o Independent, os lábios são a parte erógena do corpo mais exposta. O beijo ativa uma parte do cérebro associada a informações sensoriais. "Beijos trabalham sua mágica desencadeando um turbilhão de neurotransmissores e hormônios através de nossos corpos que influenciam a forma como pensamos e sentimos", revela Sheril Kirshenbaum, da Universidade de Austin, no Texas.
Uma verdadeira química acontece durante o beijo. A proximidade entre duas pessoas pode ativar o sentido do olfato, que levará informações sobre a genética do parceiro, tal como dicas sobre o DNA e se existe compatibilidade entre ambos. Psicólogos da Universidade de Nova York descobriram que 59% dos homens e 66% das mulheres disseram terem terminado uma relação porque o beijo não era bom. Na linguagem da natureza, as pessoas se sentem atraídas por aquelas com quem tem compatibilidade genética, e o beijo é uma ótima maneira de descobrir isso.      (Noticias ao Minuto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário